United Airlines adia voos após série de incidentes de segurança

United Airlines adia voos após série de incidentes de segurança

Companhia aérea adiou o início de duas novas rotas internacionais em meio a investigação de agência dos EUA

A United Airlines anunciou nesta segunda-feira que adiou o início de duas novas rotas internacionais, citando uma pausa em algumas certificações pela Administração Federal de Aviação (FAA) dos Estados Unidos para a companhia aérea após uma série de incidentes de segurança.

As rotas afetadas são entre Tóquio, no Japão, e Cebu, nas Filipinas; e Newark e Nova Jersey, nos Estados Unidos, e Faro, em Portugal, disse a companhia aérea.

A FAA disse no mês passado que estava aumentando sua supervisão sobre a United após uma série de incidentes recentes de segurança.

Em 23 de março, a agência dos EUA disse que iniciaria uma avaliação formal para garantir que a companhia aérea sediada em Chicago estava cumprindo os regulamentos de segurança e disse que a FAA poderia adiar projetos futuros de certificação da United “com base nas conclusões da supervisão”.

A Reuters noticiou no mês passado que a FAA poderia potencialmente não aprovar a permissão para clientes voarem nos novos aviões ou nas novas rotas da United. A FAA não comentou imediatamente sobre o anúncio da United nesta segunda-feira.

A United tem enfrentado vários incidentes relacionados à segurança nos últimos meses. Em 15 de março, foi descoberto que um painel externo estava faltando em uma aeronave da United quando pousou em Oregon, levando a uma investigação pela FAA.

A United disse no mês passado que, nas próximas semanas, os funcionários se depararão mais com a presença da FAA “em nossa operação, à medida que começam a revisar alguns de nossos processos de trabalho, manuais e instalações”.

Publicado por CNN Brasil