GRUPO BRASILEIRO COMPRA A MAIS ANTIGA EMPRESA DE AVIAÇÃO DA BOLÍVIA

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

GRUPO BRASILEIRO COMPRA A MAIS ANTIGA EMPRESA DE AVIAÇÃO DA BOLÍVIA

A Amaszonas, a companhia aérea mais antiga em operação na Bolívia, que, inclusive, possui a frota mais moderna do país com voos internacionais regulares para o Brasil, Chile e Paraguai, foi adquirida pela Nella Airlines Group, controlada pelo brasileiro Mauricio Araújo de Oliveira Souza, que tem projetos ambiciosos de se tornar, uma das principais empresas da aviação no Brasil, América Latina, EUA e Caribe. Com a aquisição, a Nella passou a atuar num mercado que movimentou, antes da pandemia, 4 milhões de passageiros ao ano e que até o mês de junho de 2021 recuperou 78% desta demanda. A operação de US$ 50 milhões possibilitou ao grupo assumir o controle acionário da Amaszonas Línea Aérea e se estabelecer no concorrido mercado da aviação comercial e de carga da América Latina. A empresa, que tem voos partindo de Guarulhos/SP, opera na Bolívia, Chile e Paraguai e deve retomar, com a aquisição, voos regulares para Rio de Janeiro, São Paulo e Foz do Iguaçu (operações interrompidas pela pandemia). Há três semanas, Mauricio já tinha assumido o controle da venezuelana Albatros Airlines que voa para Aruba, Costa Rica, Margarita e Punto Fijo e que está em fase de certificação 129 para voar no Brasil. Segundo a advogada Cristiane Secco, que intermediou a operação de ambos os lados – compra e venda – , sócia e especialista em aviação do Albuquerque Melo Advogados, a aquisição antecipa as atividades da Nella Airlines no Brasil. “Com essa aquisição, antecipamos a operação da empresa, já que o processo de certificação da Nella Brasil só deve ser concluído no primeiro trimestre de 2022”. Nota com informações da M2 Comunicação.

Publicado por Teia Digital